sábado, 22 de agosto de 2009

PONTO DA SITUAÇÃO A 21 DE AGOSTO 2009

1. Os trabalhos de arqueologia têm-se revelado de grande interesse cientifico que o relatório e os futuros estudos irão sublinhar e desenvolver. Esses resultados serão apresentados à população de Ota em meados de Outubro numa sessão publica (data provável, 18 de Outubro).

2. Suspensão temporária dos trabalhos de arqueologia na próxima segunda-feira, dia 25 de Agosto. Seria ideal poder continuar os trabalhos de campo, de investigação e de escavação mas de momento a Igreja Paroquial não pode dispensar mais recursos financeiros. Temos a consciência de ter feito o que podíamos e devíamos fazer, em relação a esta herança espiritual, cultural e histórica. Mais ainda, ficamos agora com o sentido de responsabilidade de "não ficar por aqui" e de tudo fazer para que assim que seja possível, continuar o que começamos. Portanto, até se conseguir o patrocínio de qualquer entidade ou empresa, iremos suspender esta investigação. Entretanto o chão da igreja será feito de modo tal que os trabalhos de arqueologia possam sempre ser continuados.

3.O enterramento das ossadas encontradas será feito na nossa igreja paroquial num ou em dois túmulos, construídos em cimento. O lugar e a forma está a ser estudada pelos técnicos e pelo arquitecto.

4. O "espólio" encontrado ficará de momento sobre a responsabilidade da ERA-Arqueologia a qual irá assegurar a limpeza e recuperação de todas as peças encontradas. O património encontrado, esteja onde estiver por motivos de segurança e de conservação, será sempre património da Comunidade de Ota. E se um dia tivermos condições museológicas de o conservar em Ota assim será.

5. A arqueologia do edifício da igreja (estudo das paredes e da construção antiga)tem que continuar. Os resultados obtidos são desde já interessantíssimos. Reveladores de segredos inauditos !!! Nunca se ouviu falar da belíssima abertura, agora descoberta, na parede esquerda da nave da igreja. E a parede da torre da igreja, agora posta a nu, revela-nos uma igual beleza que nos comove. Há arte esquecida nos muros da igreja que não pode continuar escondida.

2 comentários:

Utilia disse...

È agradável acompanhar estes trabalhos.
E o melhor de tudo, é ver tais resultados,
Muito bom

Rui Lage disse...

Desde já os meus parabens pela ideia deste blog...muito bom.
O ponto 4 deverá ser um topico de interesse para os candidato a presidentes da junta de freguesia de maneira a que o espolio encontrado nao se perca em caixotes poeirentos num armazem qulquer...nao será uma situaçao que se possa dizer politica,mas no entanto deverao ser eles os primeiros a pensar em estabelecer contactos para se conseguir encontrar um local apropriado para este espólio estar disponivel em boas condiçoes para a populaçao de Ota.
Obrigado